quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Les Égocentriques de Ego In Vitro





Senti-me bastante afortunada de ter sido uma das blogueiras escolhidas para resenhar a criação "Les Égocentriques"  da Ego In Vitro e tentei dar a este trabalho precursor em terras brasileiras uma atenção respeitosa como lhe é merecido.
Trata-se do trabalho árduo do caro Daniel Barros metamorfoseado em 9 fragrâncias inspiradas no Eneagrama das Personalidades que também se compõe de 9 personalidades . As fragrâncias vêm em em embalagem esmerada e além dos 9 frascos  traz um décimo vidro vazio que é um convite ao além. Explorar e recombinar conforme nos  parecer melhor.Corajoso convite ao auto conhecimento numa exploração dos sentidos.
A proposta é que os 9 cheiros funcionem sozinhos combinando-se também entre si. Confesso que fiquei absolutamente entusiasta da proposta e deixe-me levar pela tentativa de percepção de notas, saber quais me conquistariam mais e por fim me arriscando em algumas combinações, conforme o proposto.As possibilidades são ad infinitum. Nossos egos mandam. Nossas escolhas são as que o ego emanam. Descobri que sim, egos podem ter cheiro. Mas isso é assunto que Daniel Barros nos falará em breve em seu novo livro.
A Ego in Vitro há muito lida com a ideia de assinatura olfativa e relacionamento entre ego e cheiros. Nesse sentido acredito que em Les Égocentriques há uma oportunidade única de brincar com o olfato, conhecer melhor o que mexe conosco e por fim a oportunidade de criar misturas que resultam em novos perfumes.
Há também imbricada a ideia do artesão, do artifice. De alguma forma o perfumista quando nos entrega algo dá um pouco de si em cada criação . E nós também brincamos de perfumistas ao fazer as escolhas e misturas conforme nosso desejo. É nobre a sensação de ver o Daniel Barros perfumista florescer e saber que em tantos momentos, ao meu ver, saiu-se sobremodo bem e inspirado.  Estamos então todos juntos nesse oficio solitário  e sensível de cheirar.Trata-se também de uma oferta. Um elo perfumista-perfume-receptor e os sentimentos nessa relação imbuídos.
As fragrâncias  vêm em 9ml em concentração eau de parfum  e sozinhas tem vasta capacidade de encantar. Parecem criações de uma alma vocacionada que tende bastante a crescer.E falarei cá um pouco a impressão de meu ego sobre cada um deles.

1) Cyrus. Leve e Fagueira. Citrinos doces, alegria de alecrim.  Vetiver terroso.Fundo seco, musgoso para lhe dar uma melhor duração e serenidade. Um ar de colônia chique. Fez-me sorrir pois é o tipo que gosto. Senti alguma lembrança de ô de lancôme e Acqua di Parma.

2) Tutti. Tutti Frutti.  Intenso. Duração extrema. Doçura pirulitada a invadir as narinas. Violetas pungentes e empoadas. Bagas e bagas vermelhas dulcíssimas. Cognac que aqui fica xaroposo.  Na linha de Insolence, Guerlain. Lúdico. Sexy.

3)Quinn. Floral clássico e sutil. Bouquet lânguido e amoroso. Jasmim. Ylang Ylang. Flor de laranjeira. Couro gentilissmo. De uma beleza encantadora.  Foi um dos que mais me demorei a apreciar.  Lembrou-me algo vitoriano, de beleza esmaecida. Um cheiro impressionista. Cheiro de bailarina de Renoir.


4)Renee. Floral verde de fim imprevisível. Um perfume que chamei de desequilíbrio harmonioso. A alma inicial é tranquila, herbácea, transparente, aldeídica.  Iris e gálbano verdinhos. O coração é vivo com flores e cio. Flores classudas, vistosas. O fim é uma cama onde arde uma civeta naturalíssima, incandescente. Dos meus preferidos, pegou-me em cheio.

5)Jiang. Claramente um dos meus preferidos(não sei dizer qual o preferido, no fim). Mas está entre ele, Renee, Quinn e Kaleb. Jiang é uma lavanda límpida e macia com fundo de almíscar branco de lavor e laivos secos que por vezes me remetem a orris ou vetiver. Para os amantes de perfumes funcionais e frescos é uma bela criação. É um perfume minimalista, delicado e dobrado calmamente. Um perfume que desperta paciência.

6) Birke. Um coração cowboy, diria. Uma cavalgadura, quase. Resinas. Madeiras.Couro. Feno. Musgo. Duração ad aeternum. Apesar de curtir um couro dominatrix a la cabochard ou musgos mofadíssimos com cara de casarões bolorentos a la Eau du soir, para mim Birke soou agressivo demais.  Preferido do marido!

7)Kaleb. Kaleb foi o amor sem aviso. Talvez uma bebida diária me levou até ele: café. Amigo de todas horas.  Amigo de fé de minha insônia  leitura e namoro. O cheiro do hálito do marido.Ou o amor pelos mais variados licores da avó que os deixava la em garrafas horas e horas se adensando em mágica licorosa. O licor de cacau  gotejado de baunilha de Dona Lourdes. Kaleb tem cognac, café, baunilha leitosissima, cacau. Gourmand que me pegou pelo coração, eu a que não sou fã de gourmands. Um que de rebelle.

8)Sasha. Esse foi o que mais tive dificuldade de identificar as notas, não sei o porquê.  Identicaram-no como spicy. Mas entendi mais cítrico e fresco com fundo incensado. Acho que nos perdemos, eu e ele. O gengibre aparece menos em minha pele. O que sobressalta em mim é a nota de sálvia  e um fim incensado, doce e resinoso. Tem também notas de incenso, mirra e elemi.

9) Greet. Este achei corajoso. Lembrou-me labuta . Dura faina. Descanso. Sombreiro. Terra e  mãos sujas. Algo agreste. Cheiro de mãos que acabaram de arrancar uma cenoura cheia de raízes. Cheiro verde, levemente doce, terroso. Cheiro de trabalhadores da terra que depois se reunem para tomar uma cachaça de rolha. Sim, ela, cachaça. Um salutar cheiro de nossa amada. Alcoolico e terreno. Achei Greet polêmico e ainda o acho bastante curioso. Mas não sei se o usaria.

E essa foi minha intuitiva e adorável caminhada pelo grande trabalho de Les Égocentriques. Convido vocês também a se aventurarem. Posso dizer que vale a pena. Vamos deixar que nossas paixões egóticas possam também ter cheiros:
Mais sobre Les Égocentriques e Ego in vitro aqui.

http://egoinvitro.com.br/
http://egoinvitro.com.br/egocentriques/

5 comentários:

  1. Cris querida, você me desvendou alguns mistérios!!! Em especial sobre o Jiang e o Birke <3 Adorei!!!! As associações ficaram lindas!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  2. Nossa que resenhas inspiradas! Como disse a Lu, você desvendou alguns mistérios sobre os perfumes, principalmente o Quinn, o Birke (amadinho meu) e o Greet.
    Ficou brilhante, parabéns!

    ResponderExcluir
  3. INFORMATIVO: Ai vai a dica para quem quer comprar bolsas com qualidade onde as famosas compram bolsa femininas de marcas famosas nessas lojas no Brasil em SP:
    www.replicasdebolsasfamosas.eco.br
    e tambem:
    www.replicasdebolsas.eco.br
    marcas como:
    Replicas de Bolsas louis vuitton
    ,
    Replicas de Bolsas chanel
    , -
    Replicas de Bolsas femininas
    .

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...